Confiança e comodidade levam os portugueses a aderir ao e-commerce

2018-03-25

Confiança e comodidade são os fatores que os portugueses consideram fundamentais para aderir ao e-commerce. De acordo com um estudo publicado pela Levelsource, e que inquiriu 2198 portugueses, para a maioria dos portugueses a sua última experiência de compra online foi “muito positiva”.

O estudo revela que comprar online é cada vez mais visto como “uma opção segura e fácil” e que, entre os portugueses que já o fizeram, 90% estão satisfeitos ou muito satisfeitos com a experiência.

Para além disso, 46% já compraram, pelo menos uma vez, artigos online, e destes, 85% já o fizeram, também, no estrangeiro pelo menos uma vez. Moda, Tecnologia e Cosmética são as áreas que mais se destacam como as preferidas para realizar compras online, com 38% dos inquiridos a optarem pela primeira, 32% pela segunda e 23% pela terceira, respetivamente.

No que diz respeito aos meios de pagamento utilizados para efetuar compras online, o estudo indica que 44% recorrem ao Paypay, 36% recorrem ao Multibanco e 20% fazem contrarreembolso.

O computador, por sua vez, é o dispositivo mais utilizado para realizar compras online (61%), seguido dos tablets (29%) e dos smartphones (24%). Entre os browsers e apps os números dividem-se: 29% dos inquiridos usam o navegador de internet e 22% fazem as suas compras através de apps.

O estudo revela também que no que diz respeito aos fatores que levam os inquiridos a comprar online, o facto de a loja não aplicar taxas é o que mais pesa na decisão de compra. Logo a seguir surgem fatores como entregas gratuitas e a definição clara de uma política de devoluções.

Segundo António Mendes, diretor geral da Levelsource, “o estudo ajuda a perceber como o universo online é uma componente cada vez mais indispensável para o “mundo” empresarial português, caso este queira acompanhar a tendência de crescimento global que faz deste tipo de comércio uma fonte de potencial imenso, tanto para as empresas como para os consumidores. Acrescento ainda que é absolutamente fundamental para as empresas esta componente de serviço. Há vários exemplos no mercado Mundial que nos mostram a importância desta modalidade e é fundamental que as empresas Nacionais entendam que o comercio online pode e deve ser uma aposta hoje”.

Fonte: https://www.distribuicaohoje.com/insights/confianca-e-comodidade-levam-os-portugueses-a-aderir-ao-e-commerce/

COMPRAS ONLINE MAIS FÁCEIS, JÁ NÃO EXISTEM FRONTEIRAS NA UNIÃO EUROPEIA
O PARLAMENTO EUROPEU ANUNCIOU O FIM DO BLOQUEIO GEOGRÁFICO, QUE PERMITIRÁ UM COMÉRCIO MAIS LIVRE E ABERTO EM TODA A UNIÃO EUROPEIA. LIVROS, MÚSICA E JOGOS DE FORA. Muitos...

E-commerce. Cada vez mais compras online e com tendência para subir
Com cada vez mais pessoas a utilizarem a Internet e a fazerem compras online, o comércio eletrónico está num momento de viragem potenciado pela combinação entre o social e o...

Online vai crescer, mas como complemento da visita às lojas físicas
Rapidez e conveniência são os grandes drivers do consumidor que não quer perder muito tempo a fazer as suas compras. O comércio online está em crescendo em Portugal....

Boas notícias para quem compra online: deputados europeus votam fim do geoblocking
As regras que defendem as mesmas condições de aquisição em toda a UE, independentemente do local onde o ciberconsumidor esteja, vão ser votadas na próxima terça-feira, dia...

Comércio online explode e pressiona empresas de logística
Os portugueses estão a usar cada vez mais as plataformas online para fazer compras e neste Natal isso traduz-se em crescimentos de 15% a 17%, aumentando a pressão sobre as...

Comércio tradicional do Porto aumenta vendas de Natal entre 15 a 20% face a 2016
As vendas no comércio tradicional do Porto aumentaram entre 15 a 20% nesta época natalícia em comparação com 2016, ajudadas pelas vendas ‘online’, feriados de 01 e 08 de...

Número de shoppings nos EUA está diminuindo com vendas online
As vendas online cresceram em um ritmo três vezes maior que as compras em lojas tradicionais. Nos Estados Unidos também tem correria, no comércio. Mas, no país que é...

UE facilita comércio electrónico na Europa
As novas regras referentes ao “geoblocking” vão ajudar a quebrar barreiras no âmbito da adopção das compras online na União Europeia e trazer novos desafios às...

Vendas online batem recordes nos Estados Unidos na ‘Black Friday’ e no ‘Thanksgiving’
Os consumidores gastaram no setor do retalho norte-americano 7900 milhões de dólares de acordo com os dados da Adobe Analytics. A expetativa é que na Cyber Monday se atinja...